Imóveis: preços baixos e financiamentos facilitados

Mercado imobiliário cresceu quase 60% no ano passado e avanço continua

A vida é feita de ciclos. Tendências oscilam positiva e negativamente em todos os setores econômicos e com o mercado imobiliário não tinha como isso ser diferente. A boa notícia é que vivemos a boa fase do setor, com juros baixos e alta demanda.

                Dados da Fundação de Pesquisas Econômicas (FIPE) revelam que o número de financiamentos cresceu 113% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. A estimativa do setor é de que o mercado imobiliário como um todo continue crescendo após um avanço de 57,5% em 2020.

                E as boas notícias não param por aí. O momento é impulsionado também pela baixa dos valores dos imóveis. Segundo o Índice FipeZap Residencial, os preços estão 24% mais baixos agora do que em dezembro de 2014, quando se registrou o ápice dos indicadores.

                Mesmo com a tendência de alta de juros no país, o mercado imobiliário projeta crescer 34% no ano, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Dados mais detalhados da entidade revelam que 187,6 mil unidades habitacionais já foram financiadas no ano, sob um investimento recorde de R$43,1 bilhões.

                A FRJR Empreendimentos Imobiliários segue atenta à essa tendência de alta e promove financiamentos de seus imóveis, operando com os principais bancos do país de forma a facilitar para que o brasileiro realize o sonho da casa própria. Todas as unidades são projetadas para atender as necessidades dos clientes, com materiais de primeira linha e preços que cabem no seu orçamento.

Imoveis preços baixos e financiamentos facilitados